Do imaginário de muitos

Perante tal beleza, que para muitos só seria possível no seu imaginário, deixo um registo de um pôr do sol em pleno inverno de 2015

Reflexos da montanha

O céu anunciava uma tempestade de principio de noite, mas o sol conseguiu "espreitar", originando este belo reflexo no Covão do Forno

Tardes quentes

Num fim de um dia de verão, as cores quentes que pintam as nuvens que sobem o vale da ribeira da Caniça

Gelo colorido

Com enquadramento do Covão do meio e vale glaciar de Loriga o gelo do resguarde da estrada, resultava neste belo registo cheio de cor
,

O Vale do Rossim

Apreciando um pôr de sol tímido sobre o caos de blocos que circundam o Vale do Rossim
,

"Uma brasa"

Na estrada 232 entre Gouveia e Penhas Douradas, um fim de dia no verão de 2016